Centenário Luiz Gonzaga

Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras - FORPROEX

O Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras é uma entidade voltada para a articulação e definição de políticas acadêmicas de extensão, comprometido com a transformação social para o pleno exercício da cidadania e o fortalecimento da democracia. São membros natos do Fórum  de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, com direito a voz e voto, os Pró-Reitores de Extensão e titulares de órgãos congêneres das Instituições de Ensino Superior Públicas Brasileiras.

São objetivos do Forproex:

  • Propor políticas e diretrizes básicas que permitam a institucionalização, a articulação e o fortalecimento de ações comuns das Pró-Reitorias de Extensão e órgãos congêneres das Instituições de Ensino Superior Públicas Brasileiras;
  • Manter articulação permanente com representações dos Dirigentes de Instituições de Educação Superior, visando encaminhamento das questões referentes às proposições do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras;
  • Manter articulação permanente com os demais Fóruns de Pró-Reitores, com o objetivo de desenvolver ações conjuntas que visem à real integração da prática acadêmica;
  • Manter articulação permanente com instituições da sociedade civil, do setor produtivo e dos poderes constituídos, com vistas à constante ampliação da inserção social das Universidades Públicas;
  • Incentivar o desenvolvimento da informação, avaliação, gestão e divulgação das ações de extensão realizadas pelas Instituições de Ensino Superior Públicas Brasileiras.

Dirigentes do Forproex

O fórum é dirigido por uma Coordenação Nacional eleita anualmente (na ocasião do seu Encontro Nacional), geralmente em maio ou junho. Essa coordenação é composta por um presidente, vice-presidente e os coordenadores regionais (norte, nordeste, sudeste, sul , centro-oeste) e temáticos (cultura, comunicação, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, tecnologia e produção, trabalho, saúde).

Encontro nacional: Anualmente o Forproex se reúne para debates e para eleger sua coordenação nacional.

RENEX: A Rede Nacional de Extensão, RENEX, iniciativa do FORPROEX, mantém cadastro atualizado das instituições integrantes, divulga ações extensionistas universitárias e coordena o Sistema Nacional de Informações de Extensão, SIEX/Brasil, banco de dados sobre as práticas de extensão no País. Sítio web: clique aqui

Política Nacional de Extensão - Áreas Temáticas: A política nacional de extensão vem sendo pactuada pelas Instituições de Ensino Superior integrantes do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras. Está expressa no Plano Nacional de Extensão, publicado em novembro de 1999, o qual define como diretrizes para a extensão a indissociabilidade com o ensino e a pesquisa, a interdisciplinaridade e a relação bidirecional com a sociedade.

Realizada sob a forma de programas, projetos, cursos de extensão, eventos, prestações de serviço e elaboração e difusão de publicações e outros produtos acadêmicos, a extensão universitária passa por um processo de organização, no qual se insere a implementação de um sistema de informação de base nacional e um sistema de avaliação contínuo e prospectivo. 

Os três documentos básicos - Plano Nacional de Extensão Universitária, Sistemas de Dados e Informações - base operacional, e Avaliação da Extensão Universitária - estão disponíveis neste site na seção documentos.

Áreas Temáticas: Para consecução de sua missão fundamental, a de dar respostas às necessidades da sociedade, optou-se por sistematizar o trabalho de extensão das Instituições de Ensino Superior Públicas de acordo com as seguintes áreas temáticas: Comunicação, Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação, Meio Ambiente, Saúde, Tecnologia e Produção, e Trabalho.

As ações, em cada área temática, serão executadas segundo linhas programáticas definidas, com o cuidado de ser estimulada a interdisciplinaridade, o que supõe a existência de interfaces e interações temáticas. Ênfase especial deve ser dada à participação dos setores universitários de extensão na elaboração e implementação de políticas públicas voltadas para a maioria da população, à qualificação e educação permanente de gestores de sistemas sociais e à disponibilização de novos meios e processos de produção, inovação e transferência de conhecimentos, permitindo a ampliação do acesso ao saber e o desenvolvimento tecnológico e social do país.

Estruturação das áreas temáticas

Comunicação
Cultura
Direitos Humanos e Justiça
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Tecnologia e Produção
Trabalho

 Encontros nacionais do Forproex

I Encontro Nacional 1987 - Brasília DF
II Encontro Nacional 1988 - Belo Horizonte MG
III Encontro Nacional 1989 - Belém PA
IV Encontro Nacional 1990 - Florianópolis SC
V Encontro Nacional 1991 - São Luís MA
VI Encontro Nacional 1992 - Santa Maria RS
VII Encontro Nacional 1993 - Cuiabá MT
VIII Encontro Nacional 1994 - Vitória ES
IX Encontro Nacional 1995 - Fortaleza CE
XXIX Encontro Nacional 2011 - Maceió AL
XXX Encontro Nacional 2011 - Porto Alegre RS

DOCUMENTOS

1. Plano Nacional de Extensão Universitária
Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras - 2001
2. Avaliação Nacional da Extensão
4. Indissociabilidade ensino-pesquisa-extensão e a flexibilização curricular: uma visão da extensão
Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras - 2006
5.Institucionalização da Extensão nas Universidades Públicas Brasileiras
6- Extensão Universitária: Extensão Universitária: Organização e Sistematização
Experiências de Flexibilização Curricular nas Universidades  Públicas Brasileiras 
Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras

 
     
URCA | GRADUAÇÃO | ASSUNTOS ESTUDANTIS | PÓS-GRADUAÇÃO | DESENVOLVIMENTO UNIVERSITÁRIO | PLANEJAMENTO |